Ideias de negócio made in Brasil dão milhões

É um mercado vasto e fértil em ideias de negócio disruptivas, por isso não é de estranhar quando ouvimos histórias de empreendedores que É o caso da rede de venda de cachorros quentes ‘Oh my Dog!’, que atualmente está a faturar cerca de 223 000 euros por mês, um valor que ronda 1 milhão de reais brasileiros. De acordo com a publicação Pequenas Empresas & Grandes Negócios, o negócio começou em 2012 pelas mãos de dois irmãos que decidiram criar um ‘hot dog’ diferente do cachorro quente comum: uma versão com 32 centímetros de comprimento e milhares de calorias.

Certo é que o número de calorias não demoveu os consumidores brasileiros, que rapidamente se apaixonaram pela versão ‘ultra-calórica’ e de baixo preço. Hoje, a rede conta já com 16 unidades em franchising, de vários modelos (quiosques, lojas, lojas de rua e lojas de shopping), espalhadas por vários estados brasileiros, e vende cerca de 4 mil cachorros por mês em cada loja.

Outro exemplo de sucesso é a franquia ‘Olha o Chrurros’, uma ideia de três amigos de infância que souberam perceber que o mercado brasileiro tinha ‘apetite’ por alimentos doces. Cada um com as suas competências, os três amigos traçaram um plano estratégico, encontraram recursos e desenharam máquinas para agilizar a produção dos churros, nomeadamente a produção de uma linha gourmet e fitness, o elemento diferenciador deste novo negócio.

Um ano após o início do planeamento, abriram a primeira loja num centro comercial brasileiro e cinco meses depois avançavam para a expansão em franchising. Hoje com 21 lojas, a ‘Olha o Churros’ vende cerca de 85 mil churros por mês e consegue para os seus franchisados um tempo de retorno do investimento que varia entre os 15 e os 24 meses, com uma faturação por unidade por mês que ronda os 7800 euros.