Índice de vendas no comércio a retalho desacelerou

O índice de volume de negócios no comércio a retalho registou em março uma variação de 1,3% face ao mês anterior. De acordo com os dados divulgados pelo INE, os índices de emprego, do número de horas trabalhadas ajustadas de efeitos de calendário e das remunerações, apresentaram, em março, taxas de variação homóloga de -1,0%, de -3,0% e de 0,6% em março, respetivamente.

“No primeiro trimestre de 2014, por sua vez, as vendas no comércio a retalho subiram 1,7% em termos homólogos (1,6% no quarto trimestre 2013).Os índices dos agrupamentos Produtos alimentares e Produtos não alimentares, que apresentaram taxas de variação homóloga em fevereiro de 1,9% e 1,6%”, refere o comunicado do INE.

 Em termos nominais, o índice agregado apresentou uma diminuição homóloga de 1,1% e a variação homóloga trimestral das vendas do agrupamento de Produtos alimentares fixou-se em 2,1%, enquanto nos Produtosnão alimentares as vendas aumentaram 1,4%.