Investidores aconselham empreendedores a investir, criar e transformar

“Investir, criar e transformar” são os conselhos de três investidores de capital de risco para os empreendedores portugueses. Em declarações ao Observador, Stephan Morais, administrador executivo da Caixa Capital, Alexandre Barbosa, diretor da Faber Ventures e Teresa Fernandes, administradora da Portugal Ventures, explicam que o futuro das empresas está na tecnologia.

Stephan Morais explicou que as tendências no investimento estão neste momento direcionadas para três vertentes: as empresas de software, especialmente aquelas que têm os seus produtos na cloud, a ‘internet of everything’ e para a inteligência artificial, “softwares dotados de inteligência artificial, que aprendem com a utilização do programa”.

Alexandre Barbosa partilha desta opinião e refere que “uma área que nos interessa muito, porque é uma linha da frente da inovação é o machine learning e inteligência artificial dentro do software.”

De acordo com o empresário, isto tem a ver com “a utilização de algoritmos inteligentes que vão aprendendo por si próprios a tomar decisões. É algo que existe há anos, mas que os desenvolvimentos recentes estão a permitir que sejam cada vez mais utilizados.” Para Alexandre Barbosa, é muito importante para as empresas terem na sua equipa um cientista de dados.

Para Teresa Fernandes, “é preciso liquidez. É fundamental ter uma indústria sustentável, isto é, capaz de gerar retorno para os investidores, para que se mantenha o interesse de continuar a investir em ativos de risco.” Para isso é determinante que as startups se tornem apelativas para aqueles que investem nelas.