Investimento em imobiliário de retalho na Europa manteve ritmo dinâmico no 2º trimestre

O investimento em imobiliário de retalho na Europa manteve um ritmo dinâmico no 2º trimestre de 2013, diz um estudo da Jones Lang LaSalle. Os volumes de investimento neste setor chegaram aos 5,1 mil milhões de euros.

Os volumes do 1º semestre de 2013, fixados em 10,3 mil milhões de euros, cresceram cerca de 40% em relação aos 7,3 mil milhões de euros registados na primeira metade de 2012. Este crescimento, de acordo com o estudo da Jones Lang LaSalle, foi motivado pelo aumento de stock disponível no mercado, que está a ajudar a responder à procura dos investidores.

Reino Unido, França e a Alemanha “continuam a observar uma atividade de investimento saudável enquanto se assiste também ao alargamento dos alvos dos investidores a toda a Europa”, diz o estudo. Suécia, Polónia, Itália, Portugal, Eslovénia e Áustria, assim como a Rússia e Turquia, também registaram trimestres ativos.

Em Portugal, o volume de investimento em retalho durante o 1º semestre deste ano foi de aproximadamente 129 milhões de euros, um valor acima dos cerca de 12 milhões de euros  investidos no período homólogo . O setor do comércio foi o mais procurado pelos investidores, com 83% do volume investido durante os primeiros seis meses de 2013, ainda que este resultado tenha sido influenciado pela compra de 50% do CascaiShopping pelo Sierra Fund, que fica assim proprietário da totalidade deste centro comercial. 

(Visited 12 times, 1 visits today)