Lojas de rua trazem melhores resultados para os negócios em franchising

A conclusão é do estudo ‘Negócios em rede – Visões, expectativas e práticas dos franchisadores’, realizado pela Deloitte em parceria com a ABF – Associação Brasileira de Franchising. Para cerca de 53% dos franchisadores, as lojas localizadas na rua têm melhores resultados e faturação.

Segundo o estudo, no Brasil, apenas 29% indicam que obtêm melhores resultados em lojas localizadas em centros comerciais. No que diz respeito à rentabilidade, as lojas de rua apresentam melhores resultados para 63%, enquanto os shoppings ficam com 23%.

O estudo falou com 97 franchisadores entre agosto e setembro deste ano e explica que “o custo operacional de uma loja de rua é mais baixo. “Por mais que os centros comerciais sejam atraentes pela segurança que oferecem, não se conseguem adequar aos custos de uma franquia.”

De acordo com a Deloitte, as estratégias de expansão mais usadas pelas redes são o desenvolvimento de novos produtos e serviços (87%), os investimentos em inovação (80%), as unidades individuais ou franqueadas (70%), a descentralização (63%), as unidades próprias (59%) e o comércio eletrónico (51%).

O documento prevê também que o franchising brasileiro cresça entre 5,5% e 7% este ano, o primeiro com um incremento de um dígito para o setor no Brasil na última década.

 

> Gostou deste artigo? Se pretende ler mais artigos sobre franchising, subscreva a nossa newsletter aqui.