Maiores oportunidades para o retalho estão na Índia e na Colômbia

Índia e Colômbia são os mercados onde estão as maiores oportunidades para o setor do retalho a nível mundial, não só por demonstrarem um “sólido desempenho no setor”, mas também porque deverão apresentar melhorias económicas em 2016. A conclusão é de um estudo da Crédito y Caución citado pela revista InfoRetail, que refere que as condições económicas na maioria dos mercados emergentes têm vindo a deteriorar-se, tendência que deverá manter-se este ano.

Segundo o estudo, tanto a Índia como a Colômbia possuem políticas macroeconómicas estáveis, são importadores de produtos e têm vindo a crescer economicamente, sobretudo por força do aumento das classes médias.

As previsões do ‘The Boston Consulting Group’ indicam que o retalho da Índia deverá atingir um bilião de dólares em 2020, quase duas vezes mais do que o atual valor de 600 mil milhões de dólares. A Colômbia, por sua vez, refere o estudo da Crédito y Caución, deverá tornar-se no mercado mais atrativo da América Latina para os retalhistas nos próximos cinco anos, com as previsões de crescimento do PIB do país a indicarem um incremento de 2,7% este ano.