Marcas de franchising testam pagamentos mobile para conquistar os mais jovens

Há cada vez mais retalhistas a adotarem diversos sistemas de pagamento mobile e a tendência está a espalhar-se para o franchising. Nos EUA, são cada vez mais as marcas de franchising a testarem estas opções de pagamento. O objetivo? Conquistarem consumidores mais jovens. 

A Taco Bell, uma cadeia de fast-food direcionada para um público mais jovem, é uma das que já percebeu que os consumidores respondem bem a este tipo de opções. De acordo com o Franchise Times, a marca conta já com 5700 lojas com opção de pagamento mobile. Jeff Jenkins, Diretor da Taco Bell para Experiências Digitais, explicou à publicação que este tipo de tecnologias “serão ferramentas muito transformadoras. No primeiro dia em que implementámos a tecnologia, 75% das lojas registaram pelo menos um pagamento mobile.”

Mais recentemente, a marca criou uma aplicação que permite aos clientes pagarem com cartões de crédito ou débito ou comprarem cartões de oferta. Nas primeiras sete semanas de funcionamento, a app foi ‘descarregada’ por 1,4 milhões de pessoas, cerca de 200 000 downloads por semana. Quanto aos franchisados, Jenkins diz que “compreendem que temos consumidores jovens. Entendem mesmo porque fazemos isto e espalham a palavra”.

Mas apesar da adesão, a tendência é, sobretudo, geracional. De acordo com o Franchise Times, “qualquer pessoa com mais de 22 anos terá, certamente, dificuldade em entender por que razão faz sentido trocar um cartão fino e ultraleve por um ‘super-computador’ de 600 dólares que deixa de funcionar se o deixamos demasiado tempo ao sol”.

Outro problema é a proliferação de apps. “Assim como acontece com os cartões de fidelização, existe um limite para o número de apps de fidelização que um consumidor está disposto a ter a ocupar o espaço do seu ecrã e a memória do smartphone”, explica a publicação.