Mulheres lideram apenas 4% das maiores empresas

As mulheres representam apenas 44% do capital humano das 500 maiores empresas a operar em Portugal. De acordo com o Expresso, nas funções de direção executiva, a participação feminina é de apenas 19%, nas funções de gestão é de 11% e nos cargos de liderança é de somente 4%.

A conclusão é da Deloitte e da consultora Informa D&B, que se baseiam nas 500 Maiores & Melhores (500M&M) da revista Exame que ilustra a realidade laboral nacional em 2012.

Teresa Menezes, diretora-geral da Informa D&B citada pelo jornal Expresso, revela que “a participação feminina na gestão diminui à medida que aumenta a dimensão da empresa”, realidade que se constata quando percebemos, através destes dados, que “a liderança feminina ascende a 28,5% das microempresas em Portugal, 22,5% das pequenas empresas, 13,9% das companhias de média dimensão, 8,2% das grandes companhias e apenas 4% das 500 maiores empresas.”

No que diz respeito aos setores de atividade, o setor da saúde o segundo com maior participação de mulheres em cargos de gestão, seguido do setor dos produtos farmacêuticos. O pódio fica para o setor da higiene e limpeza.