Pequenas empresas norte-americanas preocupadas com possível perda de autonomia

Os pequenos empresários do estado da Virgínia, nos EUA, estão preocupados com uma possível perda de autonomia depois do ‘National Labor Relations Board’ ter decidido que a Browning-Ferris Industries tem que ter um papel mais ativo na estandardização da contração e dos pagamentos dos funcionários dos seus franchisados. Os franchisados temem que a medida possa vir a ser implementada para todas as empresas e que a sua autonomia enquanto franchisados se perca. 

A decisão tomada pela entidade torna a empresa [franchisadora] responsável pelas decisões dos seus franchisados no que diz respeito a contratações e de acordo com as pequenas empresas da Virgínia, coloca em causa o modelo de negócio em que assenta o franchising.

Num artigo de opinião publicado no Richmond Times-Dispatch, Vinay Patel, empresário norte-americano, defende que “nenhum franchisador alguma vez esteve envolvido nessas decisões [contratações de funcionários de unidades franchisadas], mas isso pode mudar em breve. Se os franchisadores puderem ser processados devido às práticas de contratação dos seus franchisados, de certeza que quererão ter rédeas mais curtas na minha operação, potencialmente fiscalizando as candidaturas, definindo os salários…”

 

> Gostou deste artigo? Se pretende ler mais artigos sobre franchising, subscreva a nossa newsletter aqui.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui