Porque é que os Millennials estão a tornar-se franquiados?

Porque é que os Millennials estão a tornar-se franquiados?

São cada vez mais os Millennials, pessoas da geração nascida entre os anos 80 e 2000, que apostam no franchising como opção de carreira. De acordo com a Entrepreneur, as marcas de franchising estão ‘recheadas’ de pessoas com 20 anos ou no início dos 30, e existe uma explicação.

Hao Lam, detentor da ‘Best in Class Education Center’, explicou à revista que “os Millennials estão mais dispostos a ouvir e mais disponíveis para receber a ajuda que lhes é oferecida. Isso é muito bom. Podem não ter a experiência da geração X ou dos Baby Boomers, mas hoje em dia a geração mais jovem está cheia de competências e é muito equilibrada.”

Há cerca de dez anos atrás seria difícil encontrar alguém na indústria do franchising dos EUA que pensasse que uma pessoa com cerca de 20 anos seria um bom candidato para deter uma unidade de uma marca franchisada. “Ultimamente, isso começou a mudar. Os franchisadores, especialmente aqueles com marcas low-cost e com sistemas baseados em tecnologia, descobriram os Millennials. E apesar do estereótipo que habitualmente vemos nos media, os franchisadores que trabalham com esta geração verificam que são pessoas energéticas, adaptáveis, inteligentes e trabalhadoras”, refere a publicação.

Esta aposta dos Millennials no franchising deve-se, sobretudo, às mudanças no mercado de trabalho e na cultura empresarial. “Há muita gente nesta geração mais jovem que está desempregada, mas que tem imenso talento. E uma vez que os custos para iniciar uma startup são muito elevados, esta geração está a procurar alternativas, como o franchising”, explica a Entrepreneur.