Porque vale a pena trabalhar em coworking

Coworking é o nome dado ao modelo de trabalho baseado na partilha de espaço e de recursos de um escritório por pessoas que não trabalham, necessariamente, na mesma área de atuação ou empresa.

Esta forma de trabalho é cada vez mais utilizada não só por aqueles que financeiramente não conseguem ter um escritório próprio, mas também por profissionais autónomos que não gostam de trabalhar em casa e querem fugir do isolamento muitas vezes sentido por freelancers.

De acordo com o site brasileiro R7, entre as vantagens do trabalho em coworking estão a convivência com um grupo de pessoas heterogéneo, o que não só é benéfico no que diz respeito ao networking, mas também devido à partilha de sinergias e de competências.

Mas apesar da maioria dos fatores ser positivo, avalie bem se este é o modelo de trabalho certo para si.

Valorize os relacionamentos

Os escritórios de coworking são ambientes que reúnem profissionais das mais variadas áreas de atuação. Se decidir trabalhar num espaço de cowork, deixe a timidez de lado e aproveite todas as oportunidades propiciadas pelo relacionamento com os outros profissionais com quem divide o espaço.

Avalie a sua capacidade de concentração

Trabalhar num ambiente partilhado, muitas vezes em open space, exige disciplina para desempenhar as suas atividades. Se é daqueles que se distrai com facilidade ou perde a concentração em ambientes pouco silenciosos, esta pode não ser a melhor opção para si.

Pense no coletivo

O coworking é uma comunidade onde a colaboração está acima da competição. A partilha vai além da estrutura física, por isso, é importante que esteja aberto às ideias dos outros, que troque contactos e procure saber que pessoas lhe podem ser uteis na sua atividade para que haja uma troca de sinergias.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui