Portugal recebe 100 pedidos de patentes por ano

Portugal regista anualmente cerca de 100 pedidos de patentes e 15% das autorizadas têm origem no Ensino Superior. As conclusões são de um estudo sobre empreendedorismo em universidades ibero-americanas realizado entre 2000 e 2010 e citado pela Lusa.

“Em Portugal, 15% das patentes concedidas estão relacionadas com universidades ou institutos politécnicos”, revela o estudo. De acordo com as conclusões, Portugal apresenta uma “evolução positiva” na taxa de sucesso no que diz respeito às patentes concedidas que costuma ultrapassar os 50% dos pedidos.

Para além disso, entre 2000 e 2010, o número de investigadores do Ensino Superior triplicou, consequência do valor de investimento das universidades e institutos politécnicos nacionais em Investigação e Desenvolvimento, que também triplicou em Portugal.

De acordo com a Lusa, o Sistema de Ensino Superior executa 40% do investimento em Investigação e Desenvolvimento (I&D), um valor superior à média dos 14 países analisados pelo estudo, onde as universidades executam 30% da despesa nacional em I&D.