Portugal vê nascer 27 mil empreendedores por ano

Desde 2007 que nascem em Portugal, em média, cerca de 27 mil novos empreendedores por ano. De acordo com os dados divulgados pela Universidade Portucalense (UPT), só no último ano foram criadas 35 mil novas empresas no país, um crescimento de 12,8% face ao ano anterior.

Segundo a UPT, o Norte do país é a região com mais empreendedores, com 12 720 constituições de empresas, 36% do total. Lisboa, por sua vez, surge na segunda posição, com um total de 11 327 empresas constituídas em 2013, 32% do total, enquanto no Centro foram constituídos 6 183 novos negócios, 18% do global das novas empresas criadas em Portugal.

De acordo com a consultora Informa D&B, em Portugal, os setores que registam uma maior percentagem de empreendedores são os negócios orientados para o consumidor final, com 44,9%, o setor da transformação, 26,2%, e o orientado ao cliente organizacional, 23,8%.

Apesar do setor extrativo incluir apenas 5,1% dos empreendedores, comparativamente a 2011, quando apresentava uma taxa de 2,4%, é o que regista um maior crescimento, tanto relativo como absoluto.

“Apesar dos dados ligados ao setor do empreendedorismo serem muito positivos, enquanto entidade formadora não podemos esquecer os principais desafios que se colocam ao nosso país, por isso, pretendemos promover o empreendedorismo como veículo fundamental para criar riqueza, reforçar a internacionalização, valorizar o conhecimento produzido nas universidades e aumentar a competitividade e produtividade da nossa economia”, sublinha Alfredo Marques, Reitor da UPT.