Portugueses criam assistente virtual para startups

Chamam-se Filipe Moreira e Joana Filipe e lançaram esta semana um serviço de assistência virtual a startups que funciona exclusivamente através do Whatsapp. A ideia chama-se Uask4.me. e, como explicaram os empreendedores ao Observador, pretende “ajudar empreendedores e outros profissionais a reduzir o tempo que gastam em necessidades do dia a dia como agendar reuniões, encomendar serviços, procurar um novo escritório, reservar uma viagem de negócios ou até uma mesa para almoçar.”

“A ideia é criar um assistente virtual que permita poupar tempo. Sabemos o que custa lançar uma startup, o tempo e dedicação que exige. E queremos ajudar os fundadores a focarem-se apenas no negócio, em crescer e em escalar. E nós ajudamos nas tarefas que não precisam de ser eles a fazer, como procurar um parceiro para fazer a comunicação da startup ou marcar reuniões”, revelaram à publicação.

Tudo o que os empreendedores precisam de fazer para poder aceder ao novo serviço é ‘descarregar’ a aplicação do Whatsapp. A partir daí, é só contactar o assistente virtual Uask4.me.

No futuro, a ideia dos empresários portugueses é levar a solução para o estrangeiro e, para isso, procuram investimento e parceiros de negócio que os ajudem a criar uma equipa para desenvolver o produto.

Para já, aqueles que quiserem usar os serviços do assistente virtual, têm ao seu dispor três pacotes mensais destintos: um de 29 euros, que oferece os serviços de assistência das 9h às 18h para um total de 10 tarefas por mês, outro de 55 euros, que oferece um total de 20 tarefas por mês e um pacote de 129 euros que dá acesso a um total de 50 tarefas mensais.