Programa VEM recebe 80 candidaturas de emigrantes

O concurso de ideias VEM, lançado pelo Governo nacional para incentivar o micro empreendedorismo entre os emigrantes, recebeu um total de 80 candidaturas, de acordo com os dados avançados esta semana pelo Alto Comissariado para as Migrações (ACM).

O concurso tem como objetivo “apoiar a estruturação e implementação de soluções empreendedoras por parte de portugueses e lusodescendentes que vivem além-fronteiras mas querem regressar, acompanhando-os em todas as fases de operacionalização indispensáveis para transformar um projeto num negócio em Portugal.”

A primeira edição do concurso decorreu entre 7 de julho e 7 de setembro e reuniu candidaturas provenientes de 14 países diferentes, entre os quais Brasil, França, Reino Unido, Alemanha, Angola, Moçambique, Bélgica, Estados Unidos da América, Canadá, Singapura e China.

No total, são 24 as áreas de negócio abrangidas pela iniciativa, como restauração, gastronomia, turismo, hotelaria, educação, ambiente, agricultura, decoração, design, mediação imobiliária, arquitetura, comércio, serviços, indústria, mecânica, consultoria, gestão e tecnologias de informação e comunicação.

As 80 candidaturas receberão agora formação e apoio técnico através da plataforma digital dedicada à iniciativa e o processo de seleção será feito em seis fases, com a quinta fase a selecionar um total de 30 projetos que posteriormente participarão num ‘elevator pitch’ perante um júri.

No final, 20 projetos receberão um apoio financeiro de até 20 mil euros.