Quatro em cada dez portugueses já compram online, revela o estudo

Quatro em cada dez portugueses já compram online, revela o estudo

O e-commerce mantém a rota de crescimento em Portugal, embora a um ritmo mais lento do que a maioria dos países do Sul da Europa. A conclusão é do e-Commerce Report dos CTT, que indica que, em 2017, o e-commerce cresceu cerca de 12,5% em Portugal, para um total de 4145 milhões de euros, com quatro em cada dez portugueses a revelar que já compra online.

Os resultados agora divulgados mostram que as principais razões que levam os portugueses a comprar online são “os preços mais baixos, a facilidade de compra, as promoções e a conveniência proporcionada por poderem comprar a qualquer hora.”

Alberto Pimenta, Diretor de e-commerce dos CTT, defende que “os CTT têm a ambição de continuar a liderar o desenvolvimento e construção do ecossistema nacional de e-commerce, de onde destacamos a expansão da sua oferta e-Segue e o lançamento para breve de um marketplace, o DOTT”.

“Além disso, continuamos a apostar na inovação, no sentido de propiciar aos ebuyers a melhor experiência de entregas das suas compras online, através do lançamento de pilotos de soluções de conveniência no last mile, como o estão a ser os cacifos automáticos e, em breve, a solução de distribuição dinâmica SuperExpress na cidade de Lisboa”, acrescenta.

O relatório conclui ainda que os consumidores online compram cada vez mais frequentemente, mas com um valor médio por compra mais baixo, o que segundo os CTT, “reflete um maior grau de confiança na decisão de compra online por parte de um maior número de compradores já existentes no mercado, que propicia as compras por impulso, aproveitando as promoções e campanhas.”

Estes ‘e-shoppers’ compraram 15,2 vezes em 2017, mais quatro ocasiões de compra face a 2016, com um gasto médio de 51,49 euros por compra. Do total de compras, cerca de 80% estão associadas à aquisição de produtos. A média de produtos adquiridos por compra é de 2,1 produtos. Para além disso, seis em cada dez compradores fazem compras online uma ou mais vezes por mês.