Reabilitação urbana como solução para a crise do imobiliário

/images/textoimagens/fullsize/3658.jpg O apelo ao investimento em obras de requalificação e reconversão, como forma de valorizar e de recuperar o património imobiliário nacional, marcaram a primeira Convenção Anual da marca portuguesa Melom.

 

Num evento que reuniu mais de 60 agentes Melom em Lisboa, o presidente da AECOPS, Associação de Empresas de Construção e Obras Publicas, Ricardo Pedrosa Gomes alertou para "a necessidade de se apostar mais fortemente na preservação dos imóveis já existentes, num momento em que as novas edificações são praticamente inexistentes".

"A dificuldade de acesso ao crédito para aquisição de casa nova e a procura crescente de opções de arrendamento determinam que os proprietários invistam cada vez mais em obras de remodelação e de reconversão garantindo a valorização dos seus imóveis. Esta nova realidade abre novas oportunidades de negócio e a Melom quer posicionar-se como a marca de referência e de confiança sempre que se pensa em obras em casa ou no prédio", referiu João Carvalho, diretor-geral da Melom. É com esta atenção, de uma "nova realidade", que a empresa está a disponibilizar aos seus clientes uma gama de serviços integrados, como a bricolage, carpintaria climatização, remodelações, entre outros.

No final da sessão, foram distribuídos vários prémios de reconhecimento aos agentes da empresa, com destaque para o prémio "Melão do Ano", que distingue a unidade Melom do ano. Este ano, o prémio foi atribuído à unidade Melom Soluções, que opera na região de Lisboa.

 

(Visited 16 times, 1 visits today)