Remax vende 364 imóveis de desinvestimento

Remax vende 364 imóveis de desinvestimento

No primeiro trimestre de 2012 a Remax realizou 804 transações de imóveis de desinvestimento, que representam 40 milhões de euros. Foram celebradas 326 vendas e efetuados 38 contratos de arrendamento relativamente a imóveis de desinvestimento, incluindo da Banca, anuncia a empresa em comunicado.

“Estes imóveis beneficiam de condições especiais de financiamento por parte da Banca, pelo que se tornam mais atrativos para os clientes neste momento de dificuldade económica”, salienta Beatriz Rubio, CEO da Remax Portugal.

Em termos de volume de negócio, estas transações traduzem-se em cerca de 40 milhões de euros, o que corresponde a 10% dos imóveis que a banca tem em incumprimento.

Desde abril do ano passado que a empresa comercializa os imóveis executados pelos principais bancos a atuar em Portugal e que entram no mercado com vantagens para os futuros proprietários. A rede imobiliária tem cerca de 6400 imóveis que constituem uma oportunidade única de investimento, garantias de financiamento até 100% de LTV, ausência de despesas de dossier e spreads mais competitivos.

Remax duplamente premiada

Na mesma semana a Remax foi distinguida na 6.ª edição dos Prémios de Franchising, no Top 3 na categoria XL que integra marcas com mais de 50 unidades em operação, e no âmbito dos Prémios Marketeer 2012, na categoria imobiliário.

“Estas distinções são importantes para nós e para todos os nossos colaboradores, que se sentem a motivação renovada. Estes prémios refletem o trabalho que fazemos diariamente de acompanhamento e motivação da nossa rede. Criar laços no trabalho aumenta a felicidade dos nossos colaboradores e também a sua produtividade. Na Remax trabalhamos muito o lado emocional”, destaca Beatriz Rubio, CEO da Remax Portugal.