Sabe que cuidados deve ter ao dar nome à sua empresa?

A abertura de uma empresa envolve vários riscos, entre os quais um dos mais decisivos, a escolha de um nome. A decisão de batizar um negócio com um nome ou outro pode determinar, logo à partida, o sucesso ou a ruína de uma nova ideia empresarial.

Prefira nomes curtos

Quanto mais curto, fácil de pronunciar, de escrever ou de soletrar um nome for, mais fácil será para os clientes lembrarem-se dele e recomendar.

Evite estrangeirismos

Embora algumas palavras estrangeiras confiram algum ‘glamour’, nem todos os consumidores saberão o significado, e se o público não entende o que o nome significa, a marca pode ficar sem identidade. Palavras como Spa ou Burger são bastante comuns e não existe problema em utilizá-las, mas na dúvida, evite estrangeirismos.

Não associe o nome de uma marca a um local

Associar o nome de uma empresa a um local pode ajudar no início, mas pode atrapalhar os planos de expansão de uma marca. A referência de local limita o crescimento para outras regiões. O mesmo vale para regionalismos, porque um termo comum numa cidade, pode não o ser noutra ou mesmo ter uma conotação negativa.

Cuidado com adjetivos

O uso de adjetivos como “melhor” ou “gourmet” podem gerar frustração no cliente quando a expectativa não corresponde à realidade. Se uma empresa diz que é a melhor em algo, deve de facto sê-lo. Se for igual ou pior que outra, o sentimento do cliente será de frustração.