Millennials

Serão os millennials tão digitais como se pensa?

O estudo procurou decifrar as expectativas e as preferências dos Millennials no que diz respeito a tecnologias de comunicação quer no trabalho quer nos contactos que fazem com as empresas e serviços de atendimento ao cliente e os números mostram algo diferente daquilo que estamos habituados a ler sobre esta geração.

Os dados mostram que apenas 1% dos millennials querem ser contatados pelas marcas através dos social media quando têm dúvidas acerca de um produto, um problema ou necessidade, o que contraria o estereótipo. 76% dos inquiridos ainda valoriza o telefone e o email como o método de preferência para contactar com as marcas e 68% revela que um bom atendimento pelos serviços de apoio ao cliente faz com que subam as suas expectativas em relação a outras marcas.

“Afinal este grupo não está à procura dos sistemas digitais inovadores e da tecnologia de ponta para resolver os seus problemas. Apesar de 84% dos millennials estarem nos social media, apenas 1% dos inquiridos prefere contactar uma marca através dessas plataformas. A maioria revelou que apenas quer poder telefonar para um serviço de atendimento e falar com um ser humano”, indica o estudo.

Um estudo recentemente publicado pelo ‘The Center for Generational Kinetics’ já havia revelado que 55% dos millennials aumentou as suas expectativas em relação aos serviços de atendimento aos clientes nos últimos três anos, praticamente a mesma percentagem daqueles que revelam já ter deixado de fazer negócio com uma empresa devido a um mau serviço.