Tecnologias rápidas são o fator mais valorizado pelos portugueses no local de trabalho

Tecnologias rápidas e eficazes são o fator mais valorizado por 82% dos portugueses no seu local de trabalho. De acordo com um estudo da Regus que pretende definir o local de trabalho ideal, através de inquéritos a 22 000 pessoas em todo o mundo, para os profissionais portugueses o local de trabalho ideal “é seguro para os bens pessoais (63,1%) e conta com uma gestão profissional e eficaz na receção da empresa (61,5%).”

A importância das Tecnologias de Informação é transversal aos mais de 22 000 participantes do estudo. Para 82%, as tecnologias devem ser altamente funcionais para bem do negócio, sendo a tecnologia lenta vista como um ‘productivity-killer’.

Para além disso, quase um quarto (23%) dos colaboradores a nível mundial quer reduzir o tempo das deslocações e aumentar o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal e familiar ao trabalhar perto de casa. Um espaço laboral inteligente (63%) e uma gestão profissional da receção (55%) destacam-se também nas respostas dos 22 000 entrevistados.