KUMON procura franquiados

A Kumon, a maior rede de centros de educação do mundo, vai realizar uma sessão de orientação, dia 26 de novembro, sexta-feira, em Lisboa, com o objetivo de encontrar novos franchisados, profissionais com vocação de ensino, que pretendam gerir o seu próprio centro Kumon.

Para participar na sessão de orientação é necessário iniciar o processo de candidatura online, no website da Kumon, em www.kumon.pt/franchising, e concluir o processo de candidatura, reenviando preenchida a documentação previamente entregue pela empresa.

A sessão de orientação irá fornecer aos empreendedores informações sobre a história da marca e sobre o método Kumon – criado há 60 anos por Toru Kumon, professor de matemática, no Japão, e que é hoje lecionado em mais de 50 países, de cinco continentes – e apresentará os programas de matemática, (Kumon Matemática), e de inglês, (Kumon English).

Os programas da Kumon podem ser ministrados presencialmente ou online e são desenhados, segundo o método Kumon, especialmente desenvolvido para que cada aluno atinja o máximo das suas capacidades, através da autoaprendizagem. Para definir o grau de ensino de cada aluno é efetuado um teste de diagnóstico personalizado, conduzido por um orientador pedagógico Kumon.

Em Portugal existem dois centros de educação Kumon, um em Matosinhos e outro em Braga, que representam o início de um plano de crescimento, no nosso país, que contempla a abertura de mais 20 centros, sobretudo nas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto, num prazo de cinco anos.

Sobre a Kumon

Kumon é a maior empresa de educação do mundo. Está presente em mais de 50 países, nos 5 continentes, com uma rede de centros de estudo onde são ensinados os programas de Matemática Kumon e Inglês Kumon, desenhados para atingir o máximo desempenho dos alunos. A marca foi

fundada há 60 anos por Toru Kumon, um professor de matemática, em Osaka, no Japão. O método visa desenvolver o potencial máximo de aprendizagem de cada aluno e promove o desenvolvimento de capacidades através da autoaprendizagem. Mais de 25.000 centros em todo o mundo e 4.400.000 alunos matriculados garantem o sucesso do método do professor japonês.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui