Miminho aos Avós – Monção é parceira do projeto “Monção Social”

Miminho aos Avós de Santiago do Cacém cresce 48,2% em 2020

A unidade de Santiago do Cacém da rede de franchising Miminho aos Avós teve um crescimento de 48,2%, no ano passado, em plena pandemia da Covid-19. Concretamente, a rede de franchising registou um crescimento de 16,2% em período homólogo.

Segundo a responsável daquele espaço e da unidade de Sines, Raquel Tenente, “foi necessário adotar várias medidas de proteção” e adaptar-se à pandemia. “A pandemia apanhou-nos a todos de surpresa em apesar do aparecimento de doenças graves pelo mundo, nunca as sentimos diretamente. No caso da Covid-.19, veio alterar a vida de todos nós e, claro, da empresa. Para além das grandes alterações no que toca a medidas de proteção, deparámo-nos com a tendência imediata de afastamento social, que nada tem a ver com a nossa forma de atuar”, explica.

“No âmbito do apoio domiciliário foi efetuada a promoção junto da nossa equipa, clientes e respetivas famílias, as regras de higienização das mãos, utilização das máscaras e as regras de distanciamento. A nível de atendimento aos clientes na loja, foram colocadas linhas limitadoras de espaço na entrada das lojas, higienização geral do espaço e lembradas as regas do distanciamento, da desinfeção das mãos e de etiqueta respiratória”, clarifica Raquel Tenente.

De acordo com a responsável, os maiores desafios passaram por “perder os clientes que sucumbiram à doença, aceitar a realização de serviços de apoio domiciliário aos doentes que já tinham sofrido da doença da Covid-19″ e abrir as lojas “sem a garantia de ter clientes devido ao confinamento”.

No entanto, foram superadas as dificuldades e a unidade teve um crescimento de perto de 50% em 2020. “Os resultados obtidos foram fruto de tomadas de decisão prudentes de forma a não colocar em risco a segurança dos nossos colaboradores nem a vida financeira da empresa e deveram-se, acima de tudo, à dinâmica de todos os elementos da nossa equipa que revelaram uma disponibilidade, compreensão e resiliência incríveis e que têm sido fundamentais para consegui apoiar quem necessita da Miminho aos Avós”, afirma.

“Saber que a unidade de Santiago do Cacém foi a que mais cresceu durante o ano de 2020 foi perceber que vale a pena não baixar os braços para as situações adversas e que se devem procurar estratégias para as ultrapassar. Para o futuro, pretendemos continuar a nossa missão e melhorar cada vez mais”, conclui.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui