UPTEC recebe as primeiras startups apoiadas pela ESA

UPTEC recebe as primeiras startups apoiadas pela ESA

O UPTEC, incubadora da Agência Espacial Europeia (ESA) na região Norte, recebeu as duas primeiras startups, a InanoE e a Eye2Map. Cada empresa irá receber um incentivo de 50 mil euros durante dois anos de incubação.

De acordo com uma nota enviada às redações pela UPTEC, “a inanoE, projeto de investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), desenvolveu uma inovadora tecnologia de microgeradores capaz de converter energia mecânica e térmica em energia elétrica. Com vista à redução do preço e ao aumento da eficiência desta tecnologia, originalmente desenvolvida para aplicação no espaço, a InanoE está a explorar novos processos com recurso a novos materiais.”

Nesse sentido, a empresa desenvolve micro e nano-geradores feitos à medida, o que permite aos utilizadores aproveitar o calor e movimento do seu próprio corpo para alimentar a bateria de telemóveis e pequenos aparelhos eletrónicos, como tablets.

Por outro lado a Eye2Map, startup que também nasceu na FCUP, foca-se na utilização de drones para navegação e georreferenciação precisa de dados que podem depois ser utilizados para o apoio à agricultura e floresta, reduzindo custos e aumentando a produtividade, segundo o UPTEC.

A startup já havia sido reconhecida em 2014, com o Prémio Regional de Portugal da European Satellite Navigation Competition (ESNC), uma das maiores competições internacionais de ideias de negócio na área da navegação por satélite.

(Visited 30 times, 1 visits today)