11/02/2021

Criação de empresas em Portugal desce 43% em janeiro

A criação de empresas em Portugal durante o mês de janeiro foi menor em 43% em relação ao mesmo período do ano passado. Em janeiro de 2021 nasceram 3 141 empresas, revela a Informa D&B. Devido ao novo confinamento, a quebra foi de 56% na segunda quinzena do mês. Valores superiores à queda de 29% na primeira quinzena. Segundo a Informa D&B, esta queda é “um comportamento semelhante ao que se verificou no primeiro confinamento geral, em março e abril de 2020”. No entanto, não deixam de referir que os números “parecem também indicar que existe uma relativa adaptação do empreendedorismo […]
11/04/2018

Criação de novas empresas em queda em março

Em março deste ano, foram criadas em Portugal 4 164 novas empresas, um decréscimo de 1,8% face ao período homólogo. A conclusão é da Crédito y Caución, que revela, no entanto, que nos primeiros três meses do ano a criação de novas empresas registou um crescimento de 9,4% face ao primeiro trimestre de 2017. Lisboa volta a liderar o número de constituições de novas empresas, com 34% do total. O Porto, por sua vez, arrecadou 18% do total de constituições de empresas. Importa ainda referir que, no primeiro trimestre do ano, as subidas mais significativas no número de constituições de […]
07/12/2017

Portugal: insolvências a cair a dois dígitos há oito meses consecutivos

As insolvências registaram uma quebra de 13% em Portugal no passado mês de novembro. De acordo com o mais recente estudo Iberinform da Crédito y Caución, há já oito meses consecutivos que as insolvências de empresas registam diminuições a dois dígitos em Portugal. Em novembro deste ano, registaram-se no país um total de 622 insolvências, menos 93 do que no período homólogo. No acumulado do ano, o total foi de 5 849 empresas, um valor que traduz uma quebra de 12,5% face a 2016. De acordo com o estudo, “Lisboa e Porto são os distritos com o número de insolvências […]
07/11/2017

Startups nacionais têm perfil exportador

O perfil das startups portuguesas está em mutação, com cada vez mais iniciativas individuais, empresas de menor dimensão e vontade de apostar nos mercados internacionais. Quem o diz é a Informa D&B, que publicou recentemente um estudo que traça um retrato da evolução das startups nacionais nos últimos dez anos. Segundo o estudo, desde o ano de 2008 que as startups portuguesas têm vindo a reforçar o seu perfil exportador, mas em 2015 a percentagem de empresas que exportam logo no primeiro ano de vida (11,6%) ultrapassou pela primeira vez a percentagem de empresas que vendem para o estrangeiro em […]